COMO FUNCIONA O FINANCIAMENTO DA CASA PRÓPRIA?

Publicado em 09/06/2020 por Imobiliária Coralli

Você sabia que, por meio do financiamento imobiliário, você pode adquirir o seu imóvel antes do que imagina? {comemore e leia esse post com bastante atenção!}


FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO: O QUE É?

É uma linha de crédito de longo prazo oferecida por instituições financeiras (bancos públicos ou privados) destinada à aquisição de imóveis (casa ou apartamento) novos, usados, em construção ou um terreno, para fins habitacionais ou de comércio, para qualquer pessoa que seja maior de 18 anos e com capacidade financeira de pagamento.


COMO FUNCIONA O FINANCIAMENTO DE UM IMÓVEL?

Quando é aprovado o financiamento de imóvel, o banco paga ao vendedor do imóvel o valor do pedido do financiamento, que pode ser a quantia total do imóvel ou apenas uma parte de seu valor. É por conta disso que o financiamento de imóvel é uma ótima solução para quem não tem dinheiro suficiente para comprar um imóvel à vista.

A partir de então, a pessoa deverá pagar parcelas ao banco por um determinado período para quitar o crédito cedido. No entanto, a propriedade já é vinculada com a pessoa que fez o pedido de financiamento. Em outras palavras, a pessoa é reconhecida legalmente como a proprietário do imóvel, podendo, inclusive, já utilizar o bem.


COMO FINANCIAR UM IMÓVEL

• Atender aos pré-requisitos: em geral, os pré-requisitos gerais são a maioridade civil, ou seja, ser maior de 18 anos, comprovar renda suficiente para indicar a sua capacidade de quitar as prestações e, por fim, mas não menos importante, não ter o seu nome incluído em órgãos de proteção ao crédito (SPC, SERASA, entre outros).


• Simular o financiamento: essa etapa não deve ser subestimada por quem está procurando por um bom financiamento de imóvel, podendo ser feita rapidamente online, no site do próprio banco. Há diferentes bancos no mercado oferecendo pacotes de financiamento, o que significa que as taxas de juros e condições de pagamento mudam de acordo com a instituição financeira.


• Comparecer ao banco: após escolher o banco, verifique a agência mais próxima a você e converse com o gerente.


• Fazer o cadastramento: para fazer a solicitação do financiamento, primeiro será pedida a entrega de documentos pessoais para que o processo de análise de crédito comece. Inicialmente, os documentos que devem ser levados para a instituição financeira são o RG e CPF, originais e cópias, comprovante do estado civil e comprovante de renda. Se você estiver em união estável ou for casado, leve também a documentação de seu parceiro.


• Analisar o crédito: as suas informações passarão pela análise de crédito. Aqui, o banco confirma as suas informações, verifica se o seu nome é cadastrado na lista de restrição ao crédito e analisa se a sua renda é suficiente para quitar a dívida do financiamento. É do interesse do banco que você cumpra a sua obrigação no futuro, por isso cada aspecto é levado em consideração antes da pré-aprovação do financiamento. Geralmente, o valor do financiamento não pode comprometer mais do que 30% de sua renda em suas parcelas.


• Avaliar o imóvel: o processo de financiamento de imóvel é burocrático, não sendo concluído na sua primeira visita ao banco. Você deverá apontar qual é o imóvel que você deseja financiar e o seu valor. Posteriormente, o imóvel passará por uma avaliação feita pelo próprio banco para confirmar o valor. O prazo do laudo é de aproximadamente 15 dias. É nesse momento que o banco também analisa outros documentos pertinentes ao vendedor para certificar que o imóvel não tem nenhuma pendência judicial ou legal.


• Assinar o contrato: depois da confirmação do valor, bem como de outros detalhes sobre o imóvel, o banco entrega o contrato para ser assinado por você e o seu vendedor. Esse contrato deve ser registrado em um Cartório de Registro de Imóvel, o qual torna você legalmente reconhecido como o proprietário do imóvel. Para registrar o imóvel, é necessário que você pague o valor correspondente na tabela. O custo do registro do imóvel varia de acordo com cada estado e de acordo com o valor do imóvel. Além disso, também incide o ITBI, Imposto de Transmissão de Bens de Imóvel.


• Pagar as parcelas: a partir desse momento, você deverá cumprir o financiamento do imóvel nas formas e condições estabelecidas no contrato. Como o financiamento de imóvel é uma linha de crédito de longo prazo, as parcelas do financiamento poderão durar até 35 anos. Se você quiser quitar o financiamento de imóvel antes, você deverá entrar em contato com o banco para se informar do valor total da dívida, com a cobrança dos juros proporcionais, atualizado para a nova data de liquidação. O valor do financiamento pode ser pago com moeda nacional ou saldo do FGTS.


• Registrar o termo de quitação: por fim, após cumprir o contrato de financiamento de imóvel, a instituição financeira emite o termo de quitação de imóvel. Este documento é a prova legal de que você concluiu o contrato, não recaindo sobre o seu imóvel qualquer pendência financeira com o banco. Através do registro do termo de quitação de imóvel no Cartório de Registro de Imóvel, você poderá solicitar a averbação da quitação na matrícula do imóvel, o que possibilita a transação do bem para terceiros.


VANTAGENS DE FINANCIAR UM IMÓVEL

• O imóvel pode ser utilizado imediatamente.

• Pagamento das prestações à longo prazo.

• Não precisa ter o valor total à vista.

• Possibilidade de utilizar o FGTS como entrada.

• O imóvel pode servir como fonte de renda extra.

• Mais segurança e conforto para sua família.

• Acaba com os gastos com aluguel


Você ainda tem dúvidas sobre o financiamento imobiliário? 

{FIQUE TRANQUILO!}

Nós contamos com uma SUPER EQUIPE de consultores imobiliários para esclarecer tudo o que você precisa para realizar o sonho da casa própria.


Fonte: Financer


______ 

Leia também:

CORTE DA SELIC: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL REDUZ TAXAS DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS. 

FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO COM A CAIXA: PARCELAS MAIS BARATAS PELO IPCA. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS.