QUAIS ITENS COMPÕEM O VALOR DO CONDOMÍNIO?

Publicado em 28/01/2021 por Coralli

Os valores do condomínio são definidos de acordo com diversos critérios – principalmente:

•    quantidade de moradores.
•    funcionários.
•    itens de lazer.

Você deve saber quais são as despesas envolvidas – afinal, é o seu dinheiro que está em jogo.

Vamos lá!

Para entender o porquê de algumas taxas de condomínios serem tão altas é preciso entender o que é esta taxa e como ela é composta.

Imagine um prédio de apartamentos com portaria 24 horas e elevador. Neste caso, você precisa considerar o seguinte:

•    Valor contratado para pagamento dos porteiros (se for uma empresa terceirizada) ou o pagamento direto para eles. Neste último caso, deve incluir todas as obrigações trabalhistas.
•    Valor pago a uma faxineira para limpeza dos corredores, hall de entrada, elevador e outras dependência comuns.
•    Valor da conta de energia elétrica do prédio, que neste caso inclui o elevador.
•    Valor da conta de água do prédio.
•    Custo com a manutenção do elevador e outras manutenções.
•    Valor pago para monitoramento por câmera.

Entre outros. Depende do seu empreendimento.

DESPESAS FIXAS
Todo condomínio tem despesas fixas mensais, mas algumas podem não ser tão evidentes.

Uma grande despesa se dá no quadro de funcionários. Dentro do custo com pessoal, incluem-se também encargos como INSS e FGTS e benefícios (alimentação e décimo terceiro). Existem também encargos envolvidos em serviços prestados ao condomínio, como o ISS (Imposto sobre Serviço).

Depois dos gastos com pessoal e encargos, as maiores despesas são as contas de água e energia. E, em seguida, a manutenção do prédio, que pode incluir custos mensais de conservação de elevadores, piscinas, revisão de para-raios e outros.

ÁREA DE LAZER
Os itens de lazer, como piscinas, academias e quadras, podem valorizar o imóvel e não são os maiores fatores de impacto no preço. Geralmente, seus custos mensais são incluídos nos gastos com manutenção e com funcionários.

UMA BOA GESTÃO
Apesar de tudo, é possível um condomínio ser de alta qualidade e o custo não ser alto. Isso acontece com uma gestão da obra qualificada, em que todos os materiais e equipamentos utilizados visam entregar um produto muito bem feito e que não gere altos custos de manutenção.

O valor do condomínio ficou mais claro pra você a partir de agora?

Fonte: Daxo


______
Leia também:

O IMPACTO DA TECNOLOGIA 5G NAS CASAS DO FUTURO. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS.

COMO FUNCIONA O FINANCIAMENTO DA CASA PRÓPRIA? CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS.